Rental News | Confira nossa publicação mensal

30

Ago 2017

Terceirização no Brasil – Passo para o desenvolvimento

Uma das mais importantes mudanças na legislação trabalhista é a possibilidade de terceirizar qualquer função dentro da empresa, inclusive a […]

Uma das mais importantes mudanças na legislação trabalhista é a possibilidade de terceirizar qualquer função dentro da empresa, inclusive a atividade fim (principal).

Isso é um tremendo avanço na relação trabalhista, pois possibilita a contratação de mão de obra especializada, com acordos mais justos para ambas as partes e vai gerar muito, muito mais empregos.

O Brasil não pode mais crescer sob a égide de uma CLT criada nos moldes do século passado, com um escopo protecionista que acaba prejudicando os próprios empregados e toda a economia. Se uma empresa tem um risco incalculável na contratação de um profissional (pois uma causa trabalhista é exatamente isso, um risco incalculável) como garantir o crescimento de empregos no país? Ninguém mais quer contratar.

O mundo globalizado pede capacitação, agilidade, recompensa por mérito, motivação. O trabalho é encarado por muitos como um fardo, uma obrigação. Não precisa ser assim. Conheço muita gente que trabalha com muita saúde e alegria com mais de 80 anos. Se você se chocou com essa informação, reveja seus conceitos. Meu pai foi um exemplo. O trabalho dignifica o homem (e a mulher e todos os gêneros).

Sem protecionismo excessivo gera-se mais emprego de qualidade, onde o único compromisso é o sucesso mútuo, a relação ganha-ganha. E onde todo mundo ganha, o trabalho se transforma em algo prazeroso.

A terceirização está permitindo esse passo para o futuro.

As empresas que já perceberam isso estão avançando, criando relações novas, baseadas em resultados. Estão vendo que podem agora recompensar, e muito bem, os colaboradores que agregam valor e batem metas, sem riscos de incorporar essas recompensas a encargos sufocantes que alimentam sindicatos e governos corruptos e desonestos.

Chegou a hora de rever conceitos, planejar a terceirização de forma inteligente e que gere resultados. Cito como exemplo a terceirização de marketing que é minha área de maior conhecimento. Hoje minha empresa cresce mesmo em meio à crise, pois terceirizamos boa parte da produção com freelancers. Esses profissionais ganham mais hoje com esses trabalhos avulsos do que com a falsa segurança de um emprego CLT. Trabalham no horário que lhes convém, mas com muito mais eficiência e produtividade, pois são donos de seu tempo. Os melhores recebem mais trabalhos. A empresa cresce e faz contratos com mais agilidade, sem riscos de uma injustiça cega que permite a mentira como argumento de ataque e sem punições. Sem riscos de uma oscilação de mercado.

Nosso projeto Laranja Mecanika oferece profissionais terceirizados que entram no mercado de trabalho dentro de uma estratégia que beneficia esses profissionais, nossos parceiros, nossos clientes e nossa empresa. Pois baseia-se em resultados e metas.

A terceirização vai equiparar o Brasil a grandes países, sendo bem feita vai reduzir a desigualdade social e alavancar o crescimento da economia. O que falta para isso? Iniciar o processo em sua própria empresa, criar modelos de colaboração que vão motivar pessoas a serem mais eficientes para ganharem mais. Em tempos de Uber percebemos que criatividade e relação ganha-ganha são fatores determinantes para se crescer mesmo em meio à crise.

Toda empresa, independente do setor que atua, precisa se comunicar com o mercado. A mídia digital tem ajudado muito nesta divulgação, mas demanda tempo e conhecimento. Pense bem, quem na sua empresa tem disponibilidade e capacidade para administrar sua comunicação. Um profissional especializado demanda um alto investimento. Ai, sem dúvida, a terceirização cai como uma luva, desde que feita por profissional gabaritado.

E não para por aí. Quarteirização também está aprovada. Mas isso fica para outro artigo.

douglas_portal
Douglas Sossai Marques
Diretor da K2web

PATROCÍNIO
anuncio itup

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Mais Rental News