Rental News | Confira nossa publicação mensal

15

Dez 2014

Marketing para quem tem orçamento pequeno

Durante décadas, as empresas de pequeno e médio porte anunciavam nas páginas amarelas e o resultado era fantástico, o telefone […]

Durante décadas, as empresas de pequeno e médio porte anunciavam nas páginas amarelas e o resultado era fantástico, o telefone não parava. Faz tempo que a situação mudou.
É preciso ter uma estratégia de marketing definida de acordo com o público-alvo que se quer atingir. Não são raros os que argumentam “Sou uma empresa pequena, não tenho estrutura, nem verba para isso.” Mais um motivo. Ser uma empresa de pequeno ou médio porte não
significa ser de fundo de quintal, é fundamental não abrir mão do profissionalismo, ao contrário. É importante redobrar o cuidado e a atenção com a imagem que se passa para o cliente, isso sem falar, em saber como chegar até ele.
A concorrência é cada vez mais acirrada e chegar até o público-alvo com um trabalho mal feito dá mais trabalho, é jogar tempo e dinheiro no lixo.
Consertar a imagem distorcida passada para o mercado também é muito mais difícil.
O que interessa para o dono do negócio é vender, mas para isso é tem que ter estratégia. O cliente esta cada vez mais exigente, afinal há mais opções disponíveis no mercado. Ele sabe distinguir um bom atendimento, uma boa apresentação, um bom produto e um bom pós-venda. Os concorrentes estão aí e só sobrevive quem tem bons diferenciais.
Ainda existe o mito que contratar um profissional de comunicação ou uma assessoria/agência de propaganda e marketing é privilégio de grandes empresas. Não é. Assim como você precisa de um contador e de um advogado, é importante contar com a ajuda de um especialista para cuidar da imagem dos seus produtos e empresa. Por que delegar esta função para um sobrinho ou uma afilhada adolescente que sabe mexer no computador? Não é tão simples assim.
As páginas amarelas foram substituídas pelo Google, mas o telefone não toca como antes. Durante um período este mecanismo de busca foi o Salvador da Lavoura, hoje sozinho não é suficiente. O caminho natural do possível comprador ao procurar sua empresa no Google é entrar no seu site. Se ele gostar, encontrar o que procura, aí sim ele entra em contato com você. Agora vem a pergunta: Como está o seu site? É fácil de navegar? As informações estão completas? Existe um padrão visual? O cliente encontra rapidamente o que precisa? É como um diagnóstico de um médico. Para avaliar como está o marketing da sua empresa analise algumas questões: como está o seu folheto, catálogo, cartão de visita? Ligue para sua empresa e finja ser um cliente. Só assim você poderá avaliar o atendimento, mas esteja preparado. Depois de toda esta análise você vai precisar mudar… para melhor.
É como um paciente passar por um clínico geral e fazer um check-up.
Encontrado algum problema vai para um especialista.
Uma empresa só tem a ganhar quando elabora uma estratégia de marketing para saber aonde e como chegar.

Marot Gandolfi
Multifoco Comunicação e Marketing

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Mais Rental News