Notícias | Fique por dentro

07

ago 2017

O Brasil vai precisar de quase 15 milhões de moradias até 2025, diz estudo da FGV

Quando se tem mais procura do que oferta, o resultado da conta é um déficit, neste caso, o habitacional. Em 2015, a maior parte 3,269 milhões das famílias que compunham o déficit habitacional estavam no componente ônus excessivo com o aluguel, ou seja, gastavam pelo menos 35% da renda com habitação. Na coabitação familiar, outro componente importante do déficit, havia 3,227 milhões de famílias, ou 41,6% do total.

Fonte: CBIC

compartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on TumblrShare on LinkedIn0

Mais Notícias