Notícias | Fique por dentro

12

Mai 2020

Juntos Somos Mais e Santander abordam soluções financeiras para preservar negócios em live

-->

Importância da preservação de caixa é fundamental para empresas de todos os setores e portes, afirmam especialistas

Em live transmitida pelo Facebook da Juntos Somos Mais , Vanessa Gordilho, Vice Presidente da Getnet, Denis Labre, Superintendente Executivo de Bens & Serviços da Santander Financiamentos e Luís Ricardo, Superintendente Executivo de Segmento do Santander discutiram soluções financeiras e preservação dos negócios. Antonio Serrano, CEO e fundador da Juntos Somos Mais, maior ecossistema do varejo da construção civil, mediou a conversa.

O tema central da conversa foi a importância da preservação de caixa. Embora o bate-papo tenha focado nas empresas de varejo da construção civil, os profissionais reforçam que as recomendações servem para empresas de todos os setores e de diversos portes.

O Santander e a GetNet são duas das mais de 20 empresas participantes do Juntos Somos +, maior programa de fidelidade do setor da construção civil e está oferecendo benefícios exclusivos para participantes do ecossistema.

Na transmissão realizada, foram discutidas três opções de financiamento apropriadas para o momento que estamos passando. A 1ª delas é a ação do Santander de giro com lastros de recebíveis dos cartões, onde o banco analisa os 3 últimos meses de faturamento e gera o crédito sob essa perspectiva. Outra linha de financiamento citada é o Cartão BNDES que o parcelamento pode chegar até 60 vezes. A terceira opção citada é o recém aprovado Programa Emergencial de Suporte a Empregos criado pelo governo, destinada à realização de operações de créditos com a finalidade de pagamento da folha salarial de seus empregados. “Estas são linhas que recomendamos como preservação de caixa das empresas”, destaca Luis Ricardo. Além disso, o banco reitera a necessidade das empresas serem preventivas e não recorrerem ao crédito somente quando já estão negativados.

Principalmente durante a crise, é importante que as lojas tenham várias opções de pagamento para o cliente. Especialmente agora, todas elas precisam ser digitais. Um estudo do Instituto Locomotiva indica que mais de 70% das transações eram feitas em dinheiro antes da pandemia. “Em especial, o setor da construção civil já vinha se modernizando, no entanto, a crise do novo coronavírus acelerou a transformação digital por meio das empresas”, reforça Antonio Serrano, CEO da Juntos Somos Mais.

“Essa mudança veio para ficar, fomos forçados a aprender a viver de outra forma. Os clientes estão se acostumando a mudar hábitos, o que anteriormente demoraria mais. Porém, juntos somos capazes de atender essa nova exigência dos clientes”, contribui Denis Labre, Superintendente Executivo de Bens & Serviços da Santander Financiamentos. Os profissionais ainda reiteraram a necessidade de ter uma relação cada vez mais próxima com os clientes, isso facilita a relação entre eles, a fidelização e o comunicado de eventuais mudanças por meio da empresa.

Uma pesquisa divulgada pela GetNet aponta retração de faturamento do setor da construção civil no mês de abril em relação a março. Houve redução de 38,4% de faturamento entre os períodos, 64,8% a menos quando comparado ao mesmo período do ano passado.

“Frente os dados, é cada vez mais necessário que as empresas se digitalizem e se adaptem a essa nova realidade. Precisamos recriar o negócio por novos canais e garantir que a tecnologia seja implementada. Não somente isso, os funcionários e colaboradores precisam entender claramente qual é a funcionalidade das tecnologias e dos novos modelos de negócios”, conclui Vanessa Gordilho, Vice Presidente da Getnet.

Sobre a Juntos Somos Mais

O Juntos Somos + foi criado em 2014 pela Votorantim Cimentos como um programa de relacionamento. Desde o início, a proposta era desenvolver varejistas e profissionais, contribuindo, assim, para a sustentabilidade da cadeia por meio da geração de novos negócios. Contando com os sócios Gerdau e Tigre, o Juntos Somos + se transformou em uma empresa independente, a Juntos Somos Mais, um ecossistema que pretende fortalecer o varejo da construção civil, desenvolvendo e qualificando o varejista. Atualmente, no programa, há mais de 20 empresas líderes do setor da construção participantes juntamente com mais de 70 mil lojas e mais de 400 mil profissionais. Até o fim de 2020, a empresa planeja investir R﹩ 50 milhões na expansão do programa e no aprimoramento do ecossistema, adicionando novas funcionalidades e melhorando os benefícios para os participantes. Website oficial: http://www.juntossomosmais.com.br

Mais Notícias

No Banner to display