Notícias | Fique por dentro

01

Nov 2019

Smart.Con terá 125 horas de conteúdo sobre tendências na indústria da construção

Fusão de Summit e mostra de produtos e serviços, a Smart.Con ocorre em 17 e 18 de junho de 2020 no São Paulo Expo e é organizada pela Messe München do Brasil e Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração

Além de abordar um tema inédito, voltado à tecnologia e inovação da construção civil, a feira Smart.Con trará 125 horas de conteúdo distribuídas em uma grande arena e em cinco palcos espalhados pelo evento.

Fusão de Summit e mostra de produtos e serviços, a Smart.Con ocorre em 17 e 18 de junho de 2020 no São Paulo Expo e é organizada pela Messe München do Brasil e Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração.

“Temos observado que a integração entre Summit e exposição é um formato que garante uma melhor troca de experiências e mais satisfação aos participantes”, afirma Katharina Schlegel, CEO e Managing Director da Messe München do Brasil.

O palco principal do Summit deve receber 800 pessoas e ficará no centro da Smart.Con. O espaço abrigará 4 trilhas simultâneas que vão abordar pontos essenciais para o cenário Smart Construction, num total de 43 horas de conteúdo qualificado.

As sessões serão totalmente alicerçadas nos agentes do mercado e darão espaço para vivências reais, com o objetivo de estabelecer debates em alto nível entre os congressistas e painelistas.

Para Afonso Mamede, presidente da Sobratema, a Smart.Con contempla uma necessidade do mercado.

“Temos assistido ao desenvolvimento de máquinas com sistemas de gerenciamento que permitem conferir a produtividade e garantir mais segurança. O Building Information Modeling (BIM), por exemplo, trouxe benefícios imensos para o setor. E há ainda soluções como a impressão 3D, a realidade aumentada e o uso de robôs no canteiro”.

Outras cinco áreas de feira terão palcos menores, de acesso grátis, com um total de 82 horas de palestras.

“Ao todo, serão mais de 125 horas de conteúdo técnico, relevante e atualizado para os profissionais do Brasil e da América do Sul”, ressalta Augusto Andrade, diretor de feiras da Messe München do Brasil.

Arena

No total serão 4 os pilares de conteúdo do Summit: Smart.Engineering, voltado às novas tecnologias da engenharia inteligente; Smart.Infrastructure, com temas que buscam otimizar prazos, custos, segurança e eficiência no setor de infraestrutura; Smart.RealEstate, com sessões que esclarecem como se dá uma a nova forma de olhar a construção com perfil imobiliário, centrada em suas demandas e possibilidades; e a Smart.Rental, com conteúdo centrado no uso da locação como ferramenta estratégica para acessar as mais novas tecnologias de forma flexível, aumentando a rentabilidade de projetos.

Antes das trilhas, os dois dias de evento serão abertos com grandes plenárias. No dia 17, o tema será “O Futuro da Construção Inteligente em um mundo 4.0”. Já no dia 18, a plenária debaterá “Iniciativas Públicas e Privadas para Projetos de Construção do Brasil”.

As sessões na arena irão oferecer 32 palestras. Entre os assuntos estão “Customizações e Redução de Custos com o Emprego de Soluções 3D”, “Novas metodologias e ferramentas para Treinamento e Qualificação de Profissionais”, “Novas Soluções em Pré-moldados e Oportunidades Criadas no setor Imobiliário” e “Locação 4.0: o Uso da Locação de Equipamentos como chave para a Estratégia Empresarial no setor da Construção”.

Fonte: Revista Grandes Construções

 

Leia mais:

Startup de construção lança software para tornar obra mais eficiente

Ociosidade na indústria da construção é a menor dos últimos cinco anos

 

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Mais Notícias