Notícias | Fique por dentro

06

Aug 2019

Em meio à estagnação econômica, São Paulo gera 2 mil empregos

São Paulo, Minas e Santa Catarina puxam ranking de criação de postos de trabalho em 2019

Que o Brasil é um país de contrastes ninguém duvida. Mas alguns dados econômicos recentes têm deixado essas diferenças regionais ainda mais visíveis. Enquanto maior parte do país luta contra o desemprego – atualmente, são mais de 13 milhões de pessoas nesta situação, segundo dados oficiais –, há regiões onde o nível de ocupação vem crescendo, verdadeiras ilhas de prosperidade em meio à estagnação econômica nacional.

Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), São Paulo (151.722 vagas), Minas Gerais (88.238) e Santa Catarina (49.895) foram os Estados que mais criaram novos postos de trabalho com carteira assinada no primeiro semestre. Em São Paulo, a agropecuária foi a principal responsável pelo resultado, com a geração de 14.068 empregos. Também tiveram saldo positivo no Estado os setores de serviços, construção civil, serviços industriais de utilidade pública, comércio e administração pública.

Em Minas Gerais, seis – dos oito setores econômicos pesquisados – fecharam o mês com resultado positivo. A agropecuária foi a principal responsável pelo desempenho, com a criação de 6.266 novos empregos. Também registraram saldo positivo serviços, construção civil, comércio, extração mineral e administração pública. Já em Santa Catarina, a geração de empregos na economia foi impulsionada pelo setor de serviços, com 891 novos postos abertos. Também tiveram saldos positivos a construção civil e agropecuária.

Em São Paulo, a empresa SMZTO, holding de franquias registrou a criação de 1000 novas vagas de emprego no primeiro semestre de 2019, por meio das redes de franquias Oakberry, rede de alimentação de açaí e Odontocompany, maior rede de odontologia do país.

Em Minas, a ValeCard – especializada em meios de pagamentos, benefícios e gestão de frotas – abriu 239 vagas. Uma das maiores empresas de meios de pagamento eletrônicos do Brasil, a ValeCard tem sede em Uberlândia e registrou novas vagas nas mais diversas áreas, incluindo comercial, operações, planejamento e relacionamento.

Já em Santa Catarina, o Grupo Kyly – uma das empresas de maior representatividade no vestuário infantil no país, com cerca de 1,8 mil empregados, criou 100 vagas. Os novos postos são resultado de um investimento de R$ 40 milhões na criação da nova área de fiação. A empresa tem sede em Pomerode, no Vale do Itajaí, região do Estado que registrou o maior índice de crescimento nos últimos 12 meses (7,64%).

Em Joinville, no norte catarinense, a segunda região com maior alta no mesmo período (6,48%), a Ecoville – rede de franquias de produtos de limpeza – contabilizou a criação de mais de 400 novos postos de trabalho diretos e indiretos entre janeiro e junho deste ano. Além das contratações realizadas pela franqueadora, a abertura de novas unidades franqueadas também resultou em novas vagas de trabalho.

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Mais Notícias